Homem enfrenta a radiação para cuidar de animais abandonados

O tsunami que atingiu o Japão em 2011 causou estragos que ainda perduram, e um deles é o vazamento de material radioativo da usina de Fukushima. Com isso, a área de 20 quilômetros foi isolada e seus moradores tiveram que se mudar, deixando tudo o que tinha para trás – isso incluía os animais. Porém, tempos depois, eis que surge Naoto Matsumura para salvar o dia.

O antigo pedreiro ficou com peso na consciência e voltou para tomar conta de seus bichinhos, que ficaram na área. Com o tempo, percebeu que muitas outras espécies haviam sido abandonadas, e precisavam de sua ajuda: vacas presas em galpões, cachorros acorrentados… Matsumura decidiu, então, ficar por ali, vivendo somente de doações de pessoas que acreditam na caridade que ele está fazendo. Mas, e a radiação? Pois é, o governo japonês já avisou que não é para Naoto ficar por ali, mas ele faz pouco da ameaça. “Eu tento não me preocupar. Já me disseram que eu ficaria doente em 30, 40 anos, mas até lá pretendo estar morto”, diz o senhor de 55 anos. Na galeria abaixo você pode ver o guardião de Fukushima, como é chamado, cuidando de seus amigos animais:.

 

 

 

Gostou do conteúdo? Deixe sua opinião!

Comentários (1):

Compartilhe: